CURSO ONLINE DE ROTEIRO FOCADO EM PLATAFORMAS DIGITAIS

Por que um curso de roteiro e produção de audiovisual para plataformas digitais? Acho que seria a primeira coisa que um leigo e um não-leigo desinformado pensariam ao entrar nesse site.

Acontece, caríssimos interessados, que as plataformas digitais não só são super profissionais, como despontam como foco de entretenimento massivo, e não demora muito e a TV pode se tornar o rádio da vez.

Muitas vezes, os produtores, roteiristas e outros profissionais de criação não veem o potencial de um produto audiovisual voltado à comunicação de empresas. Por outro lado, por sermos parte de uma agência, recebemos muita demanda por conteúdo de vídeo.

“Procuramos trabalhar em parceria com as produtoras, desenvolvendo essa ponte operacional e criativa na execução dos projetos”, conta Fernanda Menegotto, sócia-diretora da agência Vbrand. A ideia é consolidar o branded content não apenas como um modelo de oferta de conteúdos criados por marcas, mas também de entretenimento. “Qualquer ideia aquém dessa qualidade, na percepção dos consumidores, irá falhar. O conteúdo em si já tem de ser pensado como entretenimento”

Por que então, você que está aí, cheio de ideias na cabeça, sem câmera na mão (e já sem argumentos para defender seu amor pela 7ª arte digital frente às não raras perguntas “E seu filme?”, “Ficou pronto?”), não se junta a nós para aprender não só o processo de criação de roteiros, mas também o caminho das ametistas que é preciso percorrer para que sua comédia, drama, série, minissérie, esquete, sejam finalmente publicados em um plataforma digital, estando a um clique de qualquer pessoa no mundo. Ou, se levarmos em conta filtros de idiomas e países com conteúdos proibidos, ao alcance de um clique de quase todo o mundo. Não se esqueça que as legendas não existem à toa.

“Entre os vídeos assistidos na web, cerca de 66% têm menos de 10 minutos de duração. “As pessoas assistem a vídeos em momentos de pausa durante o seu dia, e muitas vezes não têm muito tempo.” Diz Eduardo Villalba, Regional Product Marketing Manager Latin America do Facebook”.

Notícia boa! Ao contrário da maioria dos setores da economia brasileira, o do audiovisual não entrou em recessão. Nos últimos anos, o PIB do meio vem crescendo acima dos 10% ao ano. O clima é de prosperidade!

“Um conjunto de leis de fomento, mais a regulamentação do setor, mais o aparecimento de algumas linhas de crédito, mais o ambiente digital que multiplicou o número de plataformas de distribuição, fizeram a demanda por conteúdo aumentar enormemente” ressalta Vitor Knijnik, sócio fundador e CEO da Snack”.

Nesse curso você vai aprender a pensar na ideia paralelamente à produção. Para quem está começando e não tem mundos e fundos para investir, o argumento tem que se desenhar dentro das possibilidades da produção.

“COMO ROTEIRIZAR SEU ARGUMENTO DENTRO DOS SEUS LIMITES ORÇAMENTÁRIOS” é algo, sim, a se pensar.

E é isso que vamos ajudar você a fazer.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *